SABÃO, ARTE E FILOSOFIA

sábado, 4 de julho de 2009

RECEITA DOMÉSTICA DE SABÃO DE COCO A FRIO

Sabão, arte e filosofia

ESTE PEQUENO RECEITUÁRIO É EMPÍRICO E, DE FORMA NENHUMA, IMPLICA EM RESPONSABILIDADE DO AUTOR QUANTO DE SUA CONFECÇÃO PELOS INTERESSADOS NAS RECEITAS.

Formulação p/ fabricação caseira de sabão de coco a frio:

INGREDIENTES:

Gordura de coco....................................................1 kg

Soda Cáustica.....................................................0,5 kg (em solução de 38° Bé)

Sal de cozinha.......................................................2 lts (em solução de 23° Bé) (Se este item for eliminado, a durabilidade e a qualidade compensam o aumento do custo)

Álcool...................................................................80 ml

Fórmula rápida

Gordura de coco....................................................1 kg

Soda cáustica.....................................................0,5 kg

Sal de cozinha.......................................................1 lt (em solução de 23° Bé) (também pode ser eliminado)

Amido de milho(Maizena)................................0,20 kg (Torna o produto mais suave e tem função amaciante)

Bé = Graus Baumé (confere-se com o areômetro de Baumé, a 25° C)

(VOCÊ NÃO TEM ESSES APARELHOS COMPLICADOS???). Então leia abaixo!!!

Na prática é possível conseguir-se uma razoável aproximação destes valores procedendo-se da seguinte forma:

Com uma balança confiável

Para a soda:

Pesa-se com a maior precisão possível 450 gramas de soda cáustica comercial de ótima qualidade (muitas marcas deste produto são ineficientes), coloca-se em um recipiente graduado até um litro (desses de medir farinha, arroz, óleo, água, etc..), lentamente sobre as escamas da soda deve-se ir colocando água em jato fino (através do bico de um bule de café por exemplo), exatamente em um litro parar de colocar água, se for medido pelo areômetro, o valor que se encontra será muito próximo de 38° Bé.

Para o sal:

Da mesma forma que se procedeu para a soda, pesa-se 210 g de sal de cozinha de boa qualidade (refinado é mais fácil, mas sal grosso é o mais comum), colocar no recipiente graduado (medidor plástico de cozinha), completar com água até um litro de solução, bater com uma colher até não ser notado mais nenhum sinal de sal sólido na solução, separar e preparar outra dose para completar os dois litros da receita.

Obedecer rigorosamente as medidas, ou o produto não sairá perfeito!!

Fazer o sabão agora, é uma verdadeira brincadeira, em uma bacia plástica derrama-se o óleo de coco levemente aquecido (mais ou menos 50° C no máximo, temperatura agradável ao tato), mistura-se o álcool, pega-se o recipiente com soda e mistura-se com a solução de sal e, muito lentamente vai se misturando ao óleo batendo sempre sem parar e com muito cuidado para não espirrar. Quando se notar que a massa está consistente como um “pudim” e já oferece resistência à colher que mexe a mistura, está na hora de envasar nas fôrmas (de plástico ou madeira, evitar vidro e nunca usar alumínio) e deixar curar até o fim, o ideal será acomodar as fôrmas em lugar que mantenha o calor como uma “estufa”, num forno desligado por exemplo e está pronto o sabão, basta esperar algumas horas ou mesmo de um dia para outro e com certeza não se comprará mais os produtos que anunciam no mercado, pois que este fica muito melhor. (No verão fica pronto em 1 dia, no inverno em 2 ou 3) “Rende mais”.

Na segunda fórmula, basta misturar primeiro o amido na gordura sem deixar fazer grumos, em seguida mistura-se a soda na solução de sal e lentamente na gordura com amido sem parar de bater. (aconselha-se reduzir a fórmula toda à metade e bater no liqüidificador até a consistência de um mingau bem espesso) (Este sabão fica pronto em poucas horas, “mais ou menos 5 hs.”) “Rende menos porém, dura muito mais”. (Se eliminar a solução de sal, não bater no liqüidificador).

NOTAS IMPORTANTES

Nunca se deve fazer este material perto de crianças.

Usar o fogo estritamente para aquecer a gordura levemente.

Nunca, em nenhuma hipótese, deixe aquecer demais a gordura e coloque a soda, pois vai espirrar violentamente, produzir sérias queimaduras e corrosão grave pela soda sobre a pele.

Usar luvas de látex ou similar para trabalhar.

Muito cuidado com os olhos, é aconselhável o uso de óculos.

Se sobrar soda, deixe longe de crianças ou animais domésticos. (Faça corretamente as contas, as sobras são perigosas e contaminam o meio ambiente).

Nunca utilizar panelas ou objetos de alumínio neste trabalho.

Nunca trabalhar com o álcool perto de fogo aceso.

16 comentários:

  1. Adorei a receita.Seu vocabulario e meio estranho,tive que ler varias vezes mas entendi direitinho.Bjs.O sabao nao estraga as maos e ainda clareia tecidos brancos.

    ResponderExcluir
  2. Olá, adorei seu blog, é bastante didático, mas gostaria de saber onde encontro o sabão técnico e a soda cáustica de boa qualidade. É possível comprar online?
    Obrigada
    Abs
    Deca

    ResponderExcluir
  3. Gostei do blog grato pelas suas orientações técnicas. Sou químico e faço um trabalho social ligado à Fitoterapia. Visite o site abaixo: http://aluisionestelar.ning.com/group/fitoterapiadevoltasrazes
    Grato Bolivar Campos Lima

    ResponderExcluir
  4. Adorei o seu trabalho!
    Estou entrando no ramo de sabonetes artesanais, glória a Deus que encontrei o seu blog e vídeo. Gostaria de receber lista de seus materiais e preços.
    Deus abeçõe todos vocês.
    Agradeço pelo seu trabalho, precisamos de mais pessoas assim como você. edivanabatista30@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. eu nao entendi o peso da soda ,é 500 gramas de soda?

    ResponderExcluir
  6. Gostei, é fácil e a explicações são claras, parabéns.

    ResponderExcluir
  7. lkl jkhj~,m, ghgkjn bbmnbn

    ResponderExcluir
  8. Boa noite,adorei o sabão de coco a frio,gostaria de receber o preço de todos os produtos, inclusive das caixas de madeira.Obrigada . Jussara.estou reenviando meu imail.ju.esp@hotmail.com.OBS:vc teria recita de base para shampoo?

    ResponderExcluir
  9. gostei muito da fabricação de sabão, gostaria de ter o material necessário .

    ResponderExcluir
  10. Ola Marcus, adorei seu blog, estou animada para testar suas receitas...por favor, voce me enviar seu email. grta, Simone (simone.atta@gmail.com)

    Tambem gostaria de saber onde comprar a gordura de coco!!
    abco, Simone

    ResponderExcluir
  11. Olá Marcus, boa tarde, como comprar seus produtos?
    amuzelli@hotmail.com
    Obrigada!
    Andrea

    ResponderExcluir
  12. OLa Marcus,
    este sabão de coco é para roupas ou para banho??
    grata,
    Simone Atta

    PS: estou aguardando seu email para podermos conversar sobre umas duvidas ...obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Unknown.
      Este é um sabão para roupas ou cozinha, apesar de não ser prejudicial para um banho sem perfume (tipo "chuveirada" ao sair da praia ou piscina).
      Meu e-mail está na barra superior aqui no "Sabão-Nosso...".
      Abraços, Marcus.

      Excluir
  13. Olá, Marcus! Este sabão de côco é para roupas ou para banho? Se for para banho posso acrescentar essências e corantes? O álcool pode ser de cereais? O amido de milho é acrescentado e o álcool é retirado ou posso acrescentar os dois componentes? No site do Santo Sabão fala-se em curar o sabonete durante 40 e até 90 dias, é necessário essa cura ou o sabonete fica com mais qualidade com a mudança química que acontece durante a cura? Também gostaria de receber seu catálogo com os produtos e preços. Obrigada Sandra e-mail. sandra.quadros62@gmail.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, bom dia!
    Amei sua dedicação ao conhecimento.
    Trabalho com sabonetes artesanais e gostaria de saber mais sobre as bases glicerinadas.
    Também gostaria de receber seu catálogo com os produtos e preços.
    Att
    Rosete
    Email. rosetedeholanda@hotmail.com

    ResponderExcluir
  15. OLÁ TUDO BEM?
    AO TENTAR BAIXAR O LIVRO DE SABONETES, O LINK NÃO FUNCIONA.
    POR TANTO, TERIA COMO POR GENTILEZA ENCAMINHAR AO MEU EMAIL?
    carlos_enfer_farmacia@hotmail.com

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENTÁRIO

MAS SAIBA QUE SEM O SEU E-MAIL NÃO TENHO MEIOS DE ENTRAR EM CONTATO.

COMENTE E DEIXE SEU E-MAIL

  • SEM O SEU E-MAIL NÃO TENHO COMO ENTRAR EM CONTATO